Autor: Fernando Costa

No atual contexto de mudanças sociais, que nas últimas três décadas têm sido prolíferas no que respeita às reflexões teóricas e às práticas culturais de índole local, tornou notória e crescente a importância da cultura para o poder político local, enquanto fator de desenvolvimento cultural, social e económico. Esta notoriedade e importância da cultura para o poder autárquico têm vindo a desenrolar‐se a diversas velocidades, estando dependente de diversos fatores, tais como, identidade local, disputas partidárias, dinâmica associativa, infraestruturas disponíveis, recursos humanos, públicos culturais, escolaridade, etc.. Para além destes fatores de ordem local, as políticas culturais locais estão fortemente ligadas às políticas de índole nacional e europeias, dependendo em muitos casosjuridicamente, economicamente e organizativamente destas. Superados os diversos problemas que as políticas culturais locais encontram para se estabelecerem, sabemos também que ao nível da avaliação do impacto, do cumprimento dos objetivos e da mais‐valia que pretendem atingir, os seus resultados são, principalmente, de ordem qualitativa e de difícil análise. Como tal, o presente trabalho numa fase inicial explica de forma rápida as noções adotadas de poder e cultura, de políticas públicas, de políticas culturais locais, e quais os seus principais problemas na atualidade. Centrado o seu eixo de ação no território do concelho de Rio Maior, efetua também uma abordagem estatística das dinâmicas demográficas, sociais, culturais e económicas. Esta abordagem teórica e estatística em conjunto com técnicas metodológicas de recolha de dados, no que respeita aos inputs, outputs e outcomes das práticas culturais implementadas no concelho de Rio Maior, pela autarquia tenta justificar se é possível falar da aplicação de verdadeiras políticas culturais em Rio Maior no período de 1995 a 2011, ou se apenas se pode evocar a manifestação tática de uma vontade política não sistematizada. Este estudo termina com a apresentação de algumas recomendações estratégicas para o desenvolvimento de políticas culturais locais em Rio Maior, seguindo tipologias de políticas já testadas e com efeitos comprovados, desde que, devidamente ajustadas à realidade e identidade local.

Palavras‐chave: Poder e Cultura| Políticas culturais | Poder local | Tipologias |Práticas
culturais

Abstract

In the actual context of social changes, which in the last three decades has been prolific growing by the theoretical reflexions and cultural practice locally, is notorious and growing the importance of culture for the local political power, as factor of cultural, social and economic development. This notoriety and importance of Culture for the local government develops in various speeds, depending of various factors such as, local identity, political dispute, dynamics by associations, available infrastructures, human resources, cultural publics, education etc. Also, not only by these local factors, the cultural policies are very attached to national and European tendencies, depending, in various cases, legal, economical organized by these point of views. Overcoming several problems that the local cultural policies try to establish, we also know, measuring the level of impact, accomplishing the purposes and the more value they try to achieve, the results are, mainly, by quality and difficult to analyze. So, this work, in the initial face, explains in a quick way the adapted notions by the power and culture, of public policies, of local cultural policies, and which are their principal actual problems. In the center of their act of range in the territory of Rio Maior, also has a statistic approach on demographic, social cultural and economical dynamics. This theoretical and statistical approach, with methodological techniques of finding data, respecting inputs, outputs and outcomes, of the cultural practices implemented in the municipality of Rio Maior by the local government, tries to justify if its possible to talk about the application of real political cultural policies in Rio Maior during the period 1995 till 2011, or if you can evoke just a tactical manifestation of non systematic political will. This study concludes with the presentation of some strategically recommendations for developing local cultural policies in Rio Maior, following typologies already tested and with comproved effects, if, probably adjusted to the reality and local identity.

Key words: Power and Culture / Cultural Policies / Local Power / Typology /Cultural Practices