Vicente é o nome que se dava aos corvos que habitavam o quotidiano lisboeta, à entrada das tabernas e barbearias, nas torres da Sé. Vicente é o santo padroeiro de Lisboa, supliciado em Valência, cujo corpo chegou ao Tejo acompanhado desde Sagres por dois corvos marinhos que nunca deixaram de sobrevoar a sua barca. Cabaret Vicente é uma espécie de ópera de câmara, a primeira obra de teatro musical sobre a enigmática figura de São Vicente. Em cena, um ensemble de cantores, actores e músicos que dão corpo e alma a um ‘santo cabaret’, feito de histórias da história, hagiografia e taumaturgia, dramaturgia e ironia e, não esqueçamos, de música, sagrada e profana.

http://www.teatrosaoluiz.pt/catalogo/detalhes_produto.php?id=391