Alfredo de Andrade, “Uma manhã em Creys”, 1863

Alfredo de Andrade, “Uma manhã em Creys”, 1863