No The Guardian ontem, a ler aqui. (ah, e podemos sempre optar pela versão republicana do jornal…)