“The questions of what Europe can do for culture, and what culture can do for Europe are not new. But in this context they have acquired a new sense of  urgency”. 

O presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso, afirmou hoje, em Guimarães, que a Cultura tem “também uma dimensão económica” e que na Europa é o setor que “está a crescer mais”.  Numa visita privada à Capital Europeia da Cultura (CEC) Guimarães 2012, o presidente da Comissão Europeia considerou o projeto “extraordinário”, mas avisou que este é um evento que só tem sucesso quando “consegue ir além” do ano de duração.  Segundo afirmou Durão Barroso, que esteve pela última vez em Guimarães à data da abertura da CEC, esta é uma “visão” que orientou Guimarães 2012.  Diário Digital / Lusa

Mais informações aqui.

E um excerto do relatório da UE em que se fala da urgência do setor num contexto de crise económica e onde se lê o mote pode ser lido aqui.