Fala —
Mas não separes o Não do Sim.
Dá à tua sentença igualmente o sentido:
dá-lhe a sombra.

Fragmento de Fala também tu de Paul Celan, retirado de Limiar em limiar, (tradução de João Barrento e Yvette K. Centeno), a propósito do Colóquio Internacional Da Ética do Silêncio à Poética do Encontro, dedicado à sua obra, que começa amanhã no Goethe Institut em Lisboa.

link: Paul Celan -Da Ética do Silêncio à Poética do Encontro